Ciranda do Feminino

Ontem, 12 de março de 2016, aconteceu no Espaço Vila Mascote, a primeira Ciranda do Feminino! Iniciamos essa Ciranda acolhendo – reconhecendo, mutuamente, o grupo de mulheres presentes, através de um trecho de Clarissa Pinkola Estés…

“… Em todas as mulheres, sobretudo na maturidade, instala-se uma força subterrânea e invisível que se manifesta por meio de comportamentos inesperados, arroubos de energia, intuições perspicazes, ímpetos apaixonados… um impulso arrebatador e inesgotável que as impele obstinadamente… à reconstrução de toda e qualquer integridade despedaçada. Como uma grande árvore que… quando ameaçada… com enorme dose de paciência e persistência, continua a nutrir-se, através das próprias raízes, restaura-se e renasce para manter o próprio espírito vital de forma a poder gerar novos frutos, aos quais confiará esta herança inestimável…”.

A partir daí, pudemos exercitar escuta – acolhimento – continência… para as questões dos femininos que se apresentaram, através de recursos da Arteterapia.

Gratidão a todas as mulheres presentes que… sentindo-se parte deste campo… inauguraram este espaço de encontro e fortalecimento mútuo do feminino.

Desejo que este seja o início da construção de uma grande teia!

E confio que cada uma das mulheres presentes irá multiplicar, nos seus campos de atuação, um tanto da beleza, da força e da leveza desta primeira Ciranda!

Beijo grande a todas vocês… minha eterna gratidão… por serem parte deste sonho: Izilda, Celina, Helena, Paró, Roseli, Maria do Carmo, Maria Suzana e Angela.

20160318_Ciranda do Feminino_a

20160318_Ciranda do Feminino_b

Bora fazer girar esta Ciranda!!!!

Alessandra Rosalles

Arteterapeuta

L’arte che dice la verità

Edith Kramer

Edith Kramer (1916 – 2014), assim como Margaret Naumburg (1890- 1983), foi pioneira no trabalho da Arteterapia. Ela afirmava que

20160208_citação

Para todos que querem conhecer um pouco mais dos pressupostos do trabalho de Arteterapia proposto por Edith Kramer, indico a leitura do texto L’arte che dice la verità, publicado na revista Mediterranea.

Sempre più spesso si sente parlare di arteterapia, questo prezioso intervento “d’aiuto”, che attraverso l’utilizzo di materiali artistici esalta e sottolinea il “processo creativo”  quindi il fare arte, per produrre benessere, salute e migliorare la qualità della vita. (continue lendo)

Boa leitura para todos nós!

Alessandra Rosalles

Arteterapeuta


Imagem: Reprodução revista Mediterranea

Ciranda de Mulheres: feminino e individuação 2016

“… Toda mulher … nas camadas mais profundas de sua alma… abriga raízes vitais que puxam a energia para cima, para nutrir suas folhas, flores e frutos…” Clarissa Pinkola

Se você, mulher, também confia nisso e quer ser parte de um grupo de nutrição do feminino, venha compor conosco esta ciranda!!!
Ciranda de Mulheres

Grupo iniciando em 09.02.20126

Espaço Viver com Arte

Campo Belo (zona sul), São Paulo


Espero vocês com muito carinho!

Beijo grande,
da Alessandra Rosalles

Revista La Terapia del Arte

Super-recomendo a Revista Espanhola La Terapia del Arte. Além de conteúdo sério e interessante, em cada número, a revista traz sugestões fundamentadas… de exercícios práticos … para serem utilizados no campo da Arteterapia.

Abaixo, destaco a edição de fevereiro de 2015, que tem como tema: A Arte como ponte para nos relacionarmos. O texto analisa a estreita relação entre a Arte e as pessoas, como forma de embasar o crescente uso da arteterapia nos tempos atuais.

Clique aqui para acessar a edição de fevereiro de 2015 da revista La Terapia del Arte. 

20160203_Downtango.-Coreografía-Lucia-Marote.-Interpretación-Poliana-Lima-y-Lucia-Marote-2-960x499

Boa leitura para todos nós!

Alessandra Rosalles


Imagem: Reprodução (Downtango, coreografía: Lucia Marote. Interpretação: Poliana Lima e Lucia Marote)

Sugestões de Leitura: Arteterapira

1- arteterapia

CIORNAI, S.  (Org). Percursos em Arteterapia: Arteterapia Gestáltica, Arte em Psicoterapia, Supervisão em Arteterapia. São Paulo: Summus, 2004.

CIORNAI, S.  (Org). Percursos em Arteterapia: Ateliê Terapêutico. Arteterapia no Trabalho Comunitário. Trabalho Plástico e Linguagem Expressiva. Arteterapia e História da Arte. São Paulo: Summus, 2004.

CIORNAI, S.  (Org). Percursos em Arteterapia: Arteterapia e Educação. Arteterapia e Saúde. São Paulo: Summus, 2005.

KYIAN, Ana Maria Mezzarana. O Gosto do Experimento: Possibilidades Clínicas em GestaltTerapia. São Paulo: Editora Altana, 2009.

OAKLANDER, Violet. Descobrindo Crianças – A Abordagem Gestáltica com Crianças e Adolescentes. Trad. George Schlesinger São Paulo: Summus, 1980.

PAÍN, Sara. Fundamentos da Arteterapia. Trad. Giselle Unti. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

PAÍN, Sara e JARREAU, Gladys. Teoria e Técnica de Arte Terapia: A Compreensão do Sujeito. Trad. Rosana Severino Di Leone. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

REÍSÍN, Alejandro. Arteterapía – Semânticas e Morfologias. São Paulo: Vetor, 2006.

RHYNE, Janie. Arte e Gestalt- Padrões que Convergem. São Paulo: Summus, 1996.

Vários Autores. Arte como Espelho: Experimentos em Arteterapia Gestáltica. São Paulo: Editora Altana, 2006.