Mais sobre a beleza, a delicadeza a força e a sutileza do olhar… quando a vida e a arte se abraçam!!!!

O fotógrafo londrino Matt Crabtree, numa de suas jornadas diárias pelo metrô de Londres, é tocado pela imagem de uma mulher, de singular beleza, num momento de total introspecção.

“… Eu estava sentado entre os outros milhões ou mais de passageiros em um vagão de metrô numa viagem ao trabalho, quando eu olhei para cima e vi essa senhora sentada usando uma capa de veludo, em uma pose clássica atemporal. Ela estava em seu próprio mundo belo, longe do barulho de tudo. A pintura flamenca do século 16 veio à mente, e é isso…”. Matt Crabtree.

A partir desta imagem ele criou a série “16th Century Tude Passengers”, onde se dispõe a fotografar com seu celular, pessoas comuns, em trajetos do metro de Londres, e transportá-las para a atmosfera mágica do século XVI.

O desafio que Matt propôs a si mesmo é que as fotos sejam feitas, retocadas e publicadas durante seu trajeto no metrô, com seu aparelho de celular…

“… Olhei em volta e de repente não conseguia ver nada além de muitas outras pessoas detidas em seus próprios espaços atemporais, introspectivos, calmos, em momentos pessoais…”. Matt Crabtree

20160713_matt-crabtree-seculo-16-1-agambiarra 20160713_matt-crabtree-seculo-16-3-agambiarra

Acesse o site do fotógrafo para ver as outras produções do projeto : Matt Crabtree | 16th century tube passengers


Fontes:

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page

Comments

comments

Deixe uma resposta