Ontem, 12 de março de 2016, aconteceu no Espaço Vila Mascote, a primeira Ciranda do Feminino! Iniciamos essa Ciranda acolhendo – reconhecendo, mutuamente, o grupo de mulheres presentes, através de um trecho de Clarissa Pinkola Estés…

“… Em todas as mulheres, sobretudo na maturidade, instala-se uma força subterrânea e invisível que se manifesta por meio de comportamentos inesperados, arroubos de energia, intuições perspicazes, ímpetos apaixonados… um impulso arrebatador e inesgotável que as impele obstinadamente… à reconstrução de toda e qualquer integridade despedaçada. Como uma grande árvore que… quando ameaçada… com enorme dose de paciência e persistência, continua a nutrir-se, através das próprias raízes, restaura-se e renasce para manter o próprio espírito vital de forma a poder gerar novos frutos, aos quais confiará esta herança inestimável…”.

A partir daí, pudemos exercitar escuta – acolhimento – continência… para as questões dos femininos que se apresentaram, através de recursos da Arteterapia.

Gratidão a todas as mulheres presentes que… sentindo-se parte deste campo… inauguraram este espaço de encontro e fortalecimento mútuo do feminino.

Desejo que este seja o início da construção de uma grande teia!

E confio que cada uma das mulheres presentes irá multiplicar, nos seus campos de atuação, um tanto da beleza, da força e da leveza desta primeira Ciranda!

Beijo grande a todas vocês… minha eterna gratidão… por serem parte deste sonho: Izilda, Celina, Helena, Paró, Roseli, Maria do Carmo, Maria Suzana e Angela.

20160318_Ciranda do Feminino_a

20160318_Ciranda do Feminino_b

Bora fazer girar esta Ciranda!!!!

Alessandra Rosalles

Arteterapeuta

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page

Comments

comments

Deixe uma resposta