Dois de abril foi dia de Ciranda de Mulheres – Feminino e Individuação no Espaço Vila Mascote.

Iniciamos nosso trabalho com uma discussão sobre a Introdução do livro Mulheres que Correm com os Lobos e, conversa posterior, sobre alguns dos conceitos fundamentais para a compreensão do convite feito por Clarissa às mulheres leitoras desta obra: estrutura psíquica, inconsciente pessoal e inconsciente coletivo, ego, Self, mitos e arquétipos.

Em seguida, através dos recursos expressivos da Arteterapia, passamos à elaboração individual de um Espaço Sagrado. Simbolicamente… lugar onde podemos retomar nossa vida feminina natural; onde possamos exercitar nossa integridade inata e limites saudáveis!

Gratidão a todas as mulheres que neste momento estão dispostas a traçar um caminho de retorno a sua essência feminina.

Para mim é uma alegria e uma força… grandiosas … acompanhar este percurso… que é de todas nós!

Beijo grande,
Alessandra Rosalles Arteterapeuta

Para Clarissa Pinkola Estés:

“… as palavras mulher e selvagem seriam uma espécie de senha para abrirmos uma porta; para acessarmos uma passagem… “.

Ciranda do Feminino - 2º Encontro Ciranda do Feminino - 2º Encontro Ciranda do Feminino - 2º Encontro Ciranda do Feminino - 2º Encontro Ciranda do Feminino - 2º Encontro Ciranda do Feminino - 2º Encontro Ciranda do Feminino - 2º Encontro

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page

Comments

comments

Deixe uma resposta